Da Semente ao Prato


Desenvolvimento de interface para aplicação mobile.

Nos últimos anos assistimos a um crescente interesse pelos produtos biológicos, pela agricultura urba- na e pelas hortas em geral, transpondo-se e querendo transpor aos poucos cada vez mais desse mundo para as cidades e para dentro de casa. As causas deste interesse variam, mas serão maioritariamente de carácter económico e devido a uma cada vez maior preocupação com a alimentação e estilo de vida.
Assim, as plantas e os legumes, começam progressivamente a ganhar uma maior presença nas casas, nas varandas e nas ditas hortas comunitárias promovidas pelos municípios. O que por conseguinte gera um maior interesse e curiosidade por parte das pessoas, fazendo com que o assunto cresça e dê aso a inúmeros artigos na web e na imprensa em geral, surgem blogues com dicas, relatos de experiências pessoais, cursos e workshops, fazendo crescer mercados a isso associados.
Pretende-se então com este projecto, perceber um pouco mais deste universo e destes novos pú- blicos, uma vez que a agricultura sendo algo inerente ao homem e à humanidade foi perdendo espaço na vida citadina ao longo do tempo estando agora em alguns casos bastante distante da realidade quo- tidiana, sendo agora, nestes casos, um mercado emergente e em crescimento. Será então necessário perceber quais os problemas e questões que surgem em quer começar uma horta urbana e de quem já a começou. O que pode ser ou não útil para estas pessoas? Que dúvidas têm? O que precisam? O que querem? Que tipos de lacunas existem em termos informativos? Quais as vantagens e desvantagens desta agricultura? O que já está feito? Quais as possibilidades? 




1 comentário: