Sapatos e Pés Descalços

Em praticamente todos os locais abandonados existe pelo menos um exemplar destes. De todos os géneros e tamanhos marcam sempre a sua presença.
Vestígios da presença humana, uns mais degradados do que outros, todos têm a sua história, e levantam questões como:

Quem os usou?

Há quanto tempo reinam naquele universo esquecido?

Por onde andaram?

Porque foram deixados lá?

Assim, decidi começar a colectá-los fotograficamente, deixando-os sempre no local onde os encontro e procurando não alterar de forma alguma esse espaço.

Sujo de tinta e outros dejectos, colocado num muro a um metro de altura, parece estar ali há bastante tempo... faltam-lhe os atacadores mas está repleto de memórias e histórias.

Um par pouco degradado, provavelmente deixado ali somente como lixo, mas que parece caminhar e procurar o seu caminho.
O mais destruído dos três.. é uma bota a quem o tempo já roubou um bom bocado, repousa numa estaca deitada, como que há espera que algo aconteça...

Sem comentários:

Enviar um comentário